Wednesday, January 28, 2009

Pain is temporary, pride is forever.

Há cidades que (nos) marcam.


[Buenos Aires - Argentina!*]

Para isso fomos feitos:

Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos
!
(...)

[Poema De Natal, de Vinicius de Moraes]

Tuesday, January 27, 2009

...

Queres um conselho? Não te iludas comigo
Disse que te amo? Não foi por acaso
Magoei-te? Desculpa
Ofendi-te? Mereceste
Tou irritada? Nem chegues perto
O que eu faço? Não te interessa
Falaste o que quiseste? Ouviste o que mereceste
Perdeste-me? Não deste valor, outra pessoa vai dar
Amores? São coisas da vida
Casada? Com a liberdade
Para te agradar? Não vou mudar
Meu namorado? Minha vida
Minha educação? Depende da tua
Sobre mim? Pensa o que quiseres

Saturday, January 24, 2009

'Percebi...

...que se não conheço assim tão bem as tuas mãos - que adoro- nunca vou conseguir decifrar essa tua inconstância, essa tua falta de sentimentos, esse teu querer-e-não-querer'.

Friday, January 23, 2009

Thursday, January 22, 2009

Saturday, January 17, 2009

1/4 de Século (aí à porta).

[E reflexões e balanços existenciais inevitáveis.]

Permanece o desejo de me tornar mais e melhor, a cada dia, a cada ano. Quero tornar.me a mulher que traz o sol nas mãos e o entorna em afagos; a rainha que governa dentro das (minhas) sete paredes de suspiros e angústias, de risos e desejos; alguém em cujo colo os filhos hão-de crescer, O homem adormecer, e a vida deslizar... Continuo a querer ser aquela que enfrenta todas as tempestades, respondendo à mágoa com o sonho. Ensinando sempre a não desistir e a resistir.
Queria e (ainda) quero vir a ser a mulher que diz aos 4 ventos: "o meu dia são todos os dias, porque a vida sem as mulheres é como uma casa sem telhado, não faz sentido!"
Quero continuar a ser uma musa para aqueles que me querem bem, qual guardadora de segredos a quem se admira... que dorme e acorda ao som do próprio coração, descobrindo nos sonhos o caminho que um dia irá seguir. E quero continuar a ter o conforto da partilha com quem mais amo, associada à certeza de que, embora essas pessoas não tenham os meus mapas, conhecem.me bem os passos, os sons e a (eterna) voz de criança...!!
Obrigada a TODOS que até hoje me tornaram no TODO que sou.

Friday, January 16, 2009

Wednesday, January 14, 2009

A amizade é irmã do amor.

E pelos anos (só) quero:

Paz de espírito.

'Quem fala de mim nas minhas costas, respeita.me a cara!'

[Vozes de burro não chegam ao céu!; Os cães ladram mas a caravana passa.]

P.S. 'Antes de me apontares o dedo, supera-me'.

(Porque às vezes é preciso viver de ) Momentos.


[Vem que o amor não é o tempo, nem é o tempo que o faz; vem que o amor é o momento em que eu me dou, em que te dás...!]

Tuesday, January 13, 2009

Descobri.

..a razão pela qual as mulheres gostam de homens sacanas.

Porque o amor, por definição, é um dom não merecido; ser-se amado sem mérito é justamente a prova de um amor verdadeiro. Se uma mulher me diz: amo-te porque és inteligente, porque és honesto, porque me dás presentes, porque não andas no engate, porque lavas a louça, sinto-me decepcionado; este amor tem o ar de ser qualquer coisa de interessado. É muito mais bonito ouvir: estou louca por ti apesar de tu não seres nem inteligente nem sério, e embora sejas mentiroso, egoísta e safado.

[Milan Kunder]

Não gosto de quem fala demasiado a brincar...

...e não gosto de quem brinca demasiado a falar.

Monday, January 12, 2009

Podem dizer-me que há coisas piores.

aliás, essa pode ser uma excelente frase de consolo. mas hoje não consigo aceitar qualquer palavra mais macia. nos dias em que se conhecem pessoas más, há uma montanha que se desmorona, há um vulcão que entra em erupção, há um iceberg que se quebra. hoje descobri que as desilusões partem de maus carácteres.

[http://gxxvn.blogspot.com/]

Quantas pequenas feridas são precisas para mudar uma vida?

Os tamanhos variam conforme o grau de envolvimento.

Uma pessoa é enorme para ti, quando fala do que leu e viveu, quando te trata com carinho e respeito, quando te olha nos olhos e sorri .

É pequena para ti quando só pensa em si mesma, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade, o carinho, o respeito, o zelo e até mesmo o amor.

Uma pessoa é gigante para ti quando se interessa pela tua vida, quando procura alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto contigo. E pequena quando se desvia do assunto.

Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma.

Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos da moda.

Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas.

Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande.

Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e encolhem.se aos nossos olhos. O nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de acções e reacções, de expectativas e frustrações.

Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente torna-se mais uma. O egoísmo unifica os insignificantes.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande... é a sua sensibilidade, sem tamanho...


[William Shakespeare]

Sunday, January 11, 2009

Escolher.

pode ser uma tarefa bastante difícil. Não basta olhar nos olhos. É necessário pensar. E pensar também pode ser bastante complicado.

[in http://umaveznaochega.blogspot.com]

Thursday, January 8, 2009

Se pudesses viver para sempre, por quem o farias ? *

'Ama como começa a estrada'.

Shoes can Change your Life.


Ask Cinderella.

Parabéns, mãe.

A eternidade.

será para sempre algo que gostaríamos de guardar no bolso de trás das calças.

Esperar.

A esperança e a ilusão são provas do coração. valem por si. feliz de quem tem a coragem e imaginação suficientes para se iludir. raios partam a cobardia vigente de quem tem tanto medo de se desiludir que se coíbe, logo à partida, de acreditar no que não esteja comprovado. como no amor:corre-se o risco de falhar, de tudo perder, de sofrer. mas que importa isso... se, se corre o risco de tudo conseguir ganhar?


[Excerto de 'Esperar', Miguel Esteves Cardoso]

Wednesday, January 7, 2009

Monday, January 5, 2009

Sunday, January 4, 2009

Tu – és tudo aquilo que nunca me deste.

E eu sou o mundo que nunca terás.

Saturday, January 3, 2009

Friday, January 2, 2009

Clear eyes, full heart, we can't loose.

Da virada do ano.

Esta altura do ano é pródiga em balanços e listas. Dezembro é também um mês propício a reflexões sobre o que fomos capazes de concretizar, o que tivemos de adiar, o que deixámos para trás, o que continuamos a desejar. Acaba um ano e começa o seguinte e essa mudança no calendário parece sempre trazer a reboque uma mistura de apreensão e de esperança. aqueles que convivem mal com o passado têm a sensação de que à meia-noite e um minuto do dia de ano novo se estão a livrar de todos os seus problemas. esta espécie de delírio festivo acaba uns minutos depois.
Precisamente à mesma hora, os que lidam com os problemas e os aceitam como fazendo parte da vida, sabem que têm muito para resolver e para viver. Não sei se aqueles que percebem as suas embrulhadas são mais esperançosos do que os outros que as negam ou que confortavelmente deixam andar, mas aconselharia – se me permitem – a que o fossem.
A lucidez é condição indispensável à saúde mental mas de maneira nenhuma obriga ao mau humor. Por isso o meu desejo de ano novo para os lúcidos optimistas é o seguinte: não se deixem vencer pelas circunstâncias.


[Crónica de Carla Quevedo, na Tabu]

Thursday, January 1, 2009

O meu coração é o meu escudo.

avanço sem lança nem capacete, caio e levanto-me as vezes que for preciso, mas não páro nunca. A não ser que o caminho se feche.

[Aprendi que às vezes o melhor é deixar o coração em casa, embrulhado num papel de jornal, como o arroz, para não arrefecer.]

Entre razões e emoções...

... a saída é fazer valer a pena.

Nao se agrada à força.

Agrada-se e pronto.

Queremos sempre, pelo menos, três coisas:

mais, melhor e mais bonito. Há outras que também queremos - mais depressa, mais conforme o que queriamos, mais eterno, mais fixo e , ao mesmo tempo, mais constantemente surpreendente...!

Só conhecemos as coisas que prendemos a nós.

[in O Principezinho]

Quando nos deixamos prender a alguém, arriscamo-nos a chorar de vez em quando....

[Antoine de Saint Exupéry]

O que torna o deserto bonito é haver um poço escondido em qualquer parte...

[Antoine de Saint Exupéry in O Principezinho]